quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Sessão Nostalgia: Sem inspiração? Talvez

Olá! Tudo bem com você? Espero que sim! :D

Como esses dias eu estava sem nenhuma inspiração para o blog, meu livro no Wattpad e estava meio triste por isso, decidi escrever aqui mais uma poesia da Sessão Nostalgia. O nome é Sem inspiração? Talvez e tem muito a ver com isso que estou vivendo esses dias... Então, espero que gostem!






sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

50 COISAS QUE EU ADORO

Olá! Tudo bem com você? Espero que sim! :D

Hoje eu não vou escrever nenhum texto como das outras vezes e também não é nenhum aviso. Hoje eu quis escrever sobre mim. :)

Mas não falando sobre a minha vida ou o que eu quero fazer e blá blá blá. Eu vou falar 50 coisas que eu adoro. Por quê? Porque estou afim. Não, brincadeira. Vou escrever essas 50 coisas porque através delas vocês vão ter uma ideia (mais ou menos) de como eu sou, penso e essas coisas...

Espero que gostem e se divirtam! (Falei "se divirtam" porque eu sou uma pessoa meio estranha, então vocês podem achar alguma coisa engraçada. kk)

Então vamos lá!





EU ADORO...

1 - Quando acordo e me lembro que não preciso levantar porque estou de férias;

2 - Almoços com comidas "clichês", tipo: bife com batatas fritas, frango com batata doce, carne moída e purê. (Essas combinações são maravilhosas!);

3 - Chuva (menos quando eu estou com alguma sandália que escorrega muito, porque aí o negócio fica complicado. Caio mais que o saldo da minha conta bancária - se ela existisse, né.);

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Será esse só mais um romance? - Segunda Parte (Atualizado)


Antes de ler esse texto você precisa ler a Primeira Parte.




- Olha, eu moro aqui perto. Meu vizinho tem carro, vou pedir a ele que venha buscar sua mãe para levá-la ao médico. Está bem, Safira? É Safira, não é? – Eu disse.

- É sim. Muito obrigada, moço! Sério mesmo. - Assim que ela respondeu, eu saí correndo enquanto gritava:

- Meu nome é Gustavo, moça!



*



Assim que encontrei o meu vizinho, fomos à casa da senhora que eu tinha encontrado na rua.

Ela ainda estava sentada no mesmo lugar com a menina de cabelos azuis por perto. Assim que chegamos, a levamos para o carro e a colocamos no banco de trás com a filha.

Por todo o trajeto Safira agradecia e sua mãe, mal humorada, falava coisas como "Não precisa disso!"; "Safira, você parece minha mãe". Ela era do tipo que  consegue te convencer de qualquer coisa, se você não for muito convicto.


Chegamos ao hospital e a levamos para a emergência. Eu não entrei com elas, mas acredito que ela tenha feito bastantes exames, pois ficaram muito tempo por lá.

Passado esse tempo, somente Safira saiu e foi em nossa direção.

- Como ela tá? - Perguntei, preocupado com a demora.

sábado, 12 de dezembro de 2015

Sessão Nostalgia: Procuro Algo

Olá! Tudo bem com você? Espero que sim!

Hoje eu quero compartilhar com você uma mini poesia escrita por mim há alguns anos. 
Eu estava com um pouco de vergonha de expor alguns de meus textos antigos por achar eles ruins e "pobres", mas aí eu pensei:"Ah! Quer saber? Tô nem aí! Vou postar sim!"; e banquei a rebelde. 

Sim, sou uma rebelde. 

Relendo essa poesia, acabei por encontrar semelhanças incríveis com o blog e o tema principal dele. Parece até que foi algum tipo de "premonição literária"- se é que isso existe-, por isso decidi começar por ela na minha Sessão Nostalgia
Ela é bem pequena e acredito que você perdeu mais tempo nesta minha introdução explicativa do que na própria, então me perdoe e espero que goste.



quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

VOLTEI, MOÇADA!

Olá, queridos leitores!

Venho aqui, depois do que pareciam décadas, informar-lhes que finalmente voltarei a escrever no blog! *0*
Sim! Meu período de estudos incessantes acabou e agora eu tenho tempo e criatividade de sobra pra expôr aqui!

E, é com muita felicidade, que eu digo: Eu voltei e agora pra ficar! :DD