quarta-feira, 17 de maio de 2017

Se esvaiu

O meu eu se esvaiu
No momento em que você surgiu
Me percebi invisível ao te olhar
Como se você fosse tão fácil de notar
E eu tão menor que antes
Confesso, foi apavorante

"Você..."

Essa palavra tomou posse da minha mente
Como um castigo permanente
Onde sua vida atravessou a minha e saiu derrubando tudo
Cada muro
Que com muito custo estava erguido
Você fez tudo isso perder sentido

Acabou com o meu modo de defesa
E apesar de ainda me sentir ilesa
O medo ainda permanece aqui
Difícil de resistir
Ele se fez presente por tanto tempo
Que parece que faz parte de mim

Não tanto como você...

Espero que você nunca venha a ler
Quero dizer pessoalmente
Olhar nos teus olhos respirando rapidamente
Em um lugar lindo onde só se ouvirá minha voz:
"Não existe mais eu, só existe nós."

Ah, vai ser bonito de ver...